16/12/2016

Quotes #2



Quotes do livro: Não se apega, não.

"Não é porque sorriem, se beijam e andam de mãos dadas que são felizes. Aliás, eu sou da seguinte opinião: afeto não precisa ser demonstrado em excesso. Todas as pessoas que querem mostrar demais que estão inabalavelmente felizes, aos meus olhos,são as mais miseráveis. São aquelas que tentam se convencer da própria felicidade. Como se dizer a si mesmo "eu sou muito feliz" fosse mudar alguma coisa. Piada." Página 18 

 "[...] Eu sou o motivo da minha própria infelicidade, claro que sou. Sou mesmo. Além de tudo isso eu sou uma louca, lunática, daquelas que se autossabota só pelo prazer de sofrer um pouquinho. Eu amo sentir dor. Eu amo me decepcionar. E eu morro de medo de encontrar alguém que não me faça sentir assim. Porque com a dor eu já sei lidar, mas e com a felicidade? E quando finalmente eu a encontrar? O que fazer com ela?" Página 53

 "O perfeito não existe. Porque a "perfeição" é uma variável. Ao amar cada pedacinho do seu ser, você acaba se tornando perfeita para si e, consequentemente, para o mundo. Esse é o segredo daquelas mulheres imponentes que andam por ai com o nariz empinado como se nada mais importasse. É que, realmente, não importa. Elas se bastam. E não porque são lindas, altas ou magras. Porque se amam. E o amor - próprio explode como uma supernova, iluminando todos à sua volta. " Página 76



 "Tá vendo só porque eu fugia tanto de me encarar como realmente sou? É difícil ser uma mulherzinha nos dias de hoje. Mulherzinhas têm o coração despedaçado em milhões de partes e fica difícil juntar os cacos, já que apenas um toque pode abrir a ferida novamente. Mulherzinhas são enganadas porque mulherzinhas acreditam sempre no melhor das pessoas. Mulherzinhas sempre acham que tudo vai dar certo, como elas sonham e desejam que dê, mas mulherzinhas esquecem que as decepções estão ai em todas as partes. Disfarçadas de pessoas que querem seu bem. Mulherzinhas precisam aprender a se tornar mulheres. E é o que estou tentando fazer. Me aceitar como sou, porém amadurecer a ponto de não cair nas armadilhas do caminho. É isso. Precisamos ter coragem de encarar o espelho e ver quem realmente somos, e o que queremos ser. Honestidade começa de dentro pra fora. Só se tem um relacionamento sincero e honesto quando se é honesto consigo mesmo. Página 82

 "Quero pessoas verdadeiras, intensas, que chorem comigo, sorriam comigo, me xinguem e, logo após, venham me dar um abraço. Isso é ser amigo, isso é gostar de verdade. " Página 104

"Quando o coração aperta, eu tenho essa mania estranha de querer me fechar no meu mundinho. Não gosto que as pessoas enxerguem esse meu lado, o lado sensível. Sei lá. Não por medo de parecer fraca. É receio de que alguém perceba que sou super frágil e que me quebro com facilidade. É só encostar e lá estou. Toda rachada, precisando de reparos urgentes. Chame isso do que quiser. Covardia? Talvez. Eu sou mesmo covarde quando se trata de assumir o sofrimento em voz alta." Página 180

"O desapego não é indiferença, covardia  ou desinteresse. O desapego é se libertar de tudo aquilo que faz mal e causa sofrimento. Desapegar é sinônimo de se libertar. Soltar as algemas. Colocar asas. Se permitir voar novamente. O desapego é a aceitação, é o desprendimento. " Página 221
 



 São tantas frases maravilhosas nesse livro que é ate difícil escolher. Me conta ai nos comentários qual foi sua preferida. Beijinhos!

3 comentários:

  1. Já ouvi falar muito bem desse livro, ainda não li por falta de oportunidade mas quem sabe um dia.
    De todas as frases essa foi a que mais me chamou atenção "Quando o coração aperta, eu tenho essa mania estranha de querer me fechar no meu mundinho", bem eu mesmo!
    Adorei seu blog, seguindo para acompanhar.
    Um beijo.

    www.esteticando-se.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ler que não vai se arrepender!
      Obrigada!
      Beijos.

      Excluir
  2. Me segue de volta

    http://falaalineblog.blogspot.com.br/

    beijos

    ResponderExcluir